quinta-feira, 7 de junho de 2012

José Carlos Libâneo

         ATIVIDADE II de PPP III
     
 Pesquisa Pratica Pedagógica III


Acadêmicas

Kátia Cruz de Jesus
Marta Costa de Jesus da Silva
Márcia Gardênia Souza Pires
Marileide Mendes
Rosileide Silva Santos
Thaise da Cunha Luciano

                         José Carlos Libâneo
Pesq
                                                 
Biografia :
José Carlos Libâneo nasceu em Angatuba, cidade do interior do estado de São Paulo, no ano de 1945 e cursou o ensino fundamental e médio no Seminário Diocesano de Sorocaba (SP). Graduou-se em filosofia na PUC (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), em 1966. Em 1984 tornou-se “MESTRE” da educação escolar brasileira e “DOUTOR” em educação, posteriormente.
Libâneo apreciava um estilo de informação que permitisse a liberdade mental e com astucia para que as pessoas oferecessem um autentico sentido ao conhecimento. Tendo um julgamento critico e adotando determinações mais abertas e sucedidas.
Deste modo ele sugere quatro pilares fundamentais para ser trabalhados na escola na atualidade, formando uma integração  que estar sujeita a pratica dos outros.
Para iniciar a preparação dos alunos para um método vitorioso tendo uma vivencia na sociedade presente, investindo no desenvolvimento total. Tendo o domínio de informações, julgamentos, agilidades, apegos e costumes. Sendo capacitado de assumir determinações em atividades em conjunto interdisciplinares e explicando informações.
Em seguida ajudar os estudantes nas capacidades de refletir de forma independente, decisiva e criativa. Aumentando a capacidade no refletir seu modo de pensar e procurar conhecimentos.Depois a designação de ambientes de conhecimento tanto entro como fora da classe tendo organização podendo exercer o democratismo com ação, direção e responsabilidade.
E por ultimo um desenvolvimento moral. E imprescindível que o corpo docente perceba que o ensino com precisão investindo e habilitando para cargos autênticos tornando um cidadão educado na sociedade e com responsabilidade.
Ficou conhecido como uns dos maiores pensadores da nossa nação. Sendo um grande defensor de uma instituição publica de categoria em nosso país.
    Suas principais obras:
               ·         Educação na era do conhecimento em rede e transdisciplinaridade, 2005
·         Educação escolar: políticas, estrutura e organização, 2005
·         Didática: velhos e novos temas, 2003.
·         Adeus professor, adeus professora, 2002.
·         Organização e gestão da escola, 2002.
·         Didática. , 2001
·  Adeus professor, adeus professora? Novas exigências educacionais e profissão docente. , 2001
·         Pedagogia e pedagogos, para quê?, 2001
·         Organização e gestão da escola - Teoria e prática. , 2000
·         Organização e gestão da escola. 2000
·         Democratização da escola pública - A Pedagogia Crítico Social dos Conteúdos - 1985
·         Aceleração escolar- Estudos sobre educação de Adolescentes e Adultos, 1976.

Conhecendo algumas das suas obras.








 Democratização da escola pública pública  Neste livro ele desenvolve ideias para ajudar o educador em seus trabalhos em escola publica, consentindo ter um pensamento critico com os temas: Didática, Psicologia e Metodologia Adeus professor, Adeus Professora? Neste livro ele fala sobre as transformações que são vividas nas escolas e o trabalho feito pelos professores e pedagogos para produzir formas de trabalho de acordo a nossa nova realidade a adaptar-se com as exigências educativas.
Didática Neste livro Libâneo recomenda uma disciplina ordenada da didática unindo a preparação com a teoria da educação, psicologia, sociologia e metodologias englobando princípios, meios, ensino básicos para toda a docência e matérias escolares.
Educação na Era do Conhecimento em Rede e Transdisciplinaridade È uma coleção que fala de professores pesquisadores que se dedicaram a refletir experiências que levem os alunos a viver em um mundo com mudanças. A era em que se vive incontestavelmente e com emoções abertas ao dialogo.
Pedagogia e pedagogos, para quê?Fala sobre a relação da Pedagogia com as demais ciências da educação e a identificação profissional de um pedagogo junto às realidades modernas.
Educação escolar política estrutura e organização Este livro faz uma adaptação para professores em formação e gestores opiniões para uns criticados aspectos sociopolíticos, históricos, legais para uma organização escolar tanto na educação quanto na gestão visando uma compreensão dos argumentos em que cada profissional tem nas suas atividades com a educação.

Algumas fotos  de José Carlos Libâneo





      
Escola ensino e aprendizagem 

Escolhemos uma obra que uni e prepara a didática com a teoria da educação, psicologia, sociologia e metodologias englobando princípios, meios, ensino básicos para toda a docência e matérias escolares.
Diante do contexto atual falar sobre aprendizagem, escola e ensino se torna um processo que requer modificações no procedimento construídos pelas emoções listadas pelo ambiente e pelo relacionamento. Instruir-se é o fruto das composições entre mente e o meio ambiente. Como vimos, nas novas evidências educativas que se situa na aprendizagem o educador é o responsável pela metodologia de aprendizagem dos educandos. Nesta estratégia situada na aprendizagem a informação é erguida e recuperada sempre.
O educador José Carlos Libâneo traz uma ideia sensata a respeito da suposição a Educação Brasileira. Conheceremos padrões educacionais que apoiam esses estudos em nosso país.
Para começar apontaremos as bases filosóficas e a intenção que cada uma delas tem em relação aos exemplos de aprendizagens para o aluno, professor e escola.
José Carlos Libâneo sempre pensou na melhora da educação nas escolas públicas, tendo como finalidade torná-las mais compreensiva de forma que a aprendizagem fosse fornecida adequadamente e modelada com mudanças e caprichos.
Na obra estudada ” Didática “ ele trata da pedagogia iniciando uma conexão, com intenções sociais, técnicas e politicas administrando na metodologia do ensino e aprendizagem. Segundo o (Libâneo, 2002) o autor recomenda uma disciplina ordenada com ensinamentos que venha unir e elaborar métodos no desenvolvimento profissional do professor.
Tem demonstrado a preocupação com o desenvolvimento e formação de professores, defendendo e lutando por uma escola pública de classe em nosso País.
Suas ideias dentro da didática e ensino aprendizado e adequado ponto de vista social e crítico dos teores escolares com certeza o fazem ser um dos mais admiráveis em ideais políticas e avançadas na área da educação contemporânea. Em  outra obra do autor intitulada a “Democratização da Escola Pública” Podemos entender sua preocupação com o educador em melhorar na prática educacional e ao mesmo tempo ter que acolher e por em prática as tendências pedagógicas que marcam a escola brasileira. Libâneo tem contribuído muito em nosso meio educacional, com a sua postura reflexiva e de profunda análise a transmitir conhecimentos no ponto de vista sobre uma metodologia que tenha como único objetivo: se tornar livre e independente no método interno da escola; pois na atualidade tem sido um dos seus compromissos o PPP projeto político pedagógico escolar para que possamos ter novidades e expectativas na atual educação brasileira. Uma educação de bases para uma pedagogia emancipadora que internar-se com transformações preparando os alunos para vida, dentro da sociedade de informações e tecnologias. Quando valorizamos a escola acreditamos em seus objetivos pedagógicos e político amplia- mós nossa visão para a globalização, lutamos contra a marginalização e a desigualdade social dentro do domínio escolar, mudanças precisam ser inseridas para que o educador e educando sejam atualizados, em uma sociedade de novas ideias e novas tecnologias.
Preocupado com a educação na escola Ele escreve que a mesma é de suma importância na formação de professores, pois se situa no conjunto dos conhecimentos pedagógicos. Os educadores são elementos fundamentais na ação educativa no desenvolvimento de novas gerações e de novos exemplos na totalidade social, pois o ambiente escolar tem se tornado campo fértil para o    professor atuar e formar novos pensadores de ideias e formadores de novos valores de uma nova sociedade, alunos preparados para a vida.
A didática é uma disciplina necessária para a formação docente, pois a didática, técnica e métodos de ensino unidos podem contemplar o saber dentro do ensino/aprendizado. A instituição escolar que tem professores capacitados, inteligentes e estrategistas é uma escola valorizada por parte dos pais e da sociedade que passam a ter consciência que os alunos estarão preparados para as transformações sociais como a globalização, informática e políticas da era atual; sabemos que o mundo está em constantes transformações e para que as mesmas alcancem uma extensão maior em curto prazo à escola é o veículo utilizado para que as mesmas se propaguem a cada dia mais, os professores têm a certeza de que o mundo moderno exige cada vez mais da escola para inserir nas esferas sócias indivíduos capacitados, pois há uma crença na instituição intitulada escola, em seu potencial como um importante meio de construção social.
A escola como construtora de uma sociedade integra alunos, pais, professores a comunidade, desempenhando um papel dentro de uma visão crítico social pela prática da participação dos mesmos trazendo novas sugestões ou criticas para que cada vez o trabalho e até mesmo a elaboração do PPP tenha sempre a visão voltada para o educando e a facilitação do trabalho do educador. E assim todos conduzem a escola e ao mesmo tempo são conduzidos, todos analisam as propostas e também são analisados. Esta forma de enxergar a coordenação escolar não afasta a participação e o comprometimento dos integrantes acima citados.
José Carlos Libâneo busca um padrão de escola centralizada nas camadas sociais mais prejudicadas, aonde a metodologia parte especialmente para incitar o aumento da consciência a ser analisada por cada ser humano conscientizando, de sua qualidade de sua humildade e que ele possa acordar ser influente e atuante. Ser aquele que transforma a sociedade colocando em prática os seus ideais. Buscar o uso de informações e noticias que lhes permitisse ter livre arbítrio mental transmitindo suas ideias sendo formadores de opiniões tendo determinações com liberdade, sendo bem- sucedidos em seus objetivos a serem colocados em prática. O papel do pedagogo na prática educativa com outras fontes de conhecimentos nós dias modernos ocupa o lugar principal para o aluno ter acesso à informação e bases para colocarem em práticas aquilo que lhe foi transmitido dentro da escola. Pois uma escola centralizada integralmente disposta a ampliar a visão do educando precisa estar procurando modos e atitudes de praticar a metodologia educativa como algo um tanto prazeroso e desafiador com a finalidade de conseguir melhores resultados junto à comunidade e todos que integram a equipe escolar, buscando assim desempenhar seu papel social na escola que é o aluno descobrir motivos para estar ali e tomar parte de modo ativo, decidido a construir e desenvolver o seu aprendizado, pois uma escola só é democrática quando o educando é visto como o primeiro lugar.
Existe, por conseguinte uma ação insubstituível das escolas e dos professores de proporcionar qualidades no intelecto do educando de forma que o mesmo possa expandir sua habilidade reflexiva com afinidade e qualidades produtivas na transmissão de informação, pois a mesma proporciona o saber é a passagem para a elevação de outras fontes de conhecimentos como o conhecimento cientifico e tecnológico que insere o aluno no mundo da comunicação e da globalização.
Um dos parâmetros que ele cita como premissa da escola e do ensino hoje é:

A razão pedagógica, a razão didática, está associada à aprendizagem do pensar, isto é, a ajudar os alunos se constituírem como sujeitos pensantes, capazes de pensar e lidar com conceitos, para argumentar, resolver problemas, para se defrontarem com dilemas e problemas da vida prática. Democracia na escola hoje, justiça social na educação, chama-se qualidade cognitiva e operativa do ensino. (LIBANÊO, 2002, p.26)

Ensino e aprendizado na escola é ter a responsabilidade de incitar o pensamento crítico dos educandos para que os mesmos possam lutar pelos seus objetivos, buscando sempre aprender, construir e reciclar conhecimento para que não mais sejam seres alienados na nossa sociedade, mas seres pensantes e atuantes que forma e transforma a realidade.A educação precisa de novos olhares, novas concepções e rações de ser para que educandos, educadores e corpo docente sintam-se motivados dia após dia a fazer uma educação mais excitante e prazerosa que  encara as diferenças e diversidades do nosso pais de forma a transforma-la.

Referencias

LIBÂNEO, José Carlos – DIDÁTICA. São Paulo: Cortez, 1994.
LIBÂNEO, José Carlo. Democratização-Da-Escola-Pública: a pedagogia crítico social  dos conteúdos. 4. Ed. São Paulo: Loyola, 1986
escola.www.ebah.com.br/conten/..../sistema-organizacao-escola-libaneo
http/PT.scrib.com
Projetos/função-social-escola.pdf.www.drearaguina.com.br.


LIBÂNEOJ. C. 2002. Adeus     Professor, Adeus Professora?  Novas  exigências
educacionais e profissão docente. 6ª ed. São Paulo.Cortez.

LIBÂNEO, José Carlos. Organização e Gestão da escola: teoria e prática. 5ª ed. Goiânia. Alternativa. 2004

A Equipe


                                             









Um comentário:

  1. Em trabalhos acadêmicos a fonte das imagens e vídeos é imprescindível.

    ResponderExcluir